• 1
  • 2
  • 3
  • 4
lifestyle category image novidades-2 category image videos category image
19 de Abril de 2018

Helloooo, amores! Como estão? ❤ Que tal uma dica de cinema para vocês? Na última terça-feira (17/04) tive a honra de ter sido convidada  pela ESPAÇO FILMES e COISAS DE CINEMA a prestigiar a CABINE ÚNICA do filme “ A Cidade do Futuro” de Marília Hughes e Cláudio Marques, que foi seguida de entrevistas individuais e fotos com elenco e diretores. O evento ocorreu no Espaço Itaú do Shopping Frei Caneca.

“A Cidade do Futuro”, é o segundo longa de Cláudio Marques e Marília Hughes, do premiado “Depois da Chuva”. Eleito o Melhor filme Latino-Americano no BAFICI (Buenos Aires) e Melhor filme internacional no Newfest, nos traz à tona temas atuais como o desejo de se formar novos modelos familiares, questões no sertão do país pouco vistas no cinema nacional. Estreia no dia 26 de abril, nos principais cinemas do país.

“A Cidade do Futuro”, de Cláudio Marques e Marília Hughes, estreia em 26 de abril em todo o país

“A Cidade do Futuro”, de Cláudio Marques e Marília Hughes, estreia em 26 de abril em todo o país

O filme se passa em Serra do Ramalho a tal ‘cidade do futuro’ prometida pelos militares nos anos 70”. Localizado na região Oeste do Norte baiano, o município foi criado durante a Ditadura Militar para abrigar as cerca de 73 mil pessoas deslocadas dos seus lares, para dar lugar à represa de Sobradinho. Em uma região marcada pelo machismo e pela homofobia, os personagens Milla, Gilmar e Igor formarão uma família fora dos padrões.

Vejam o vídeo com o trailler oficial do filme.

Milla é professora de teatro, e Gilmar é professor de história. Em suas aulas, ambos buscam resgatar as marcas que a remoção forçada deixou em seus pais e avós, assim como nos do vaqueiro Igor. Seus parentes não tiveram opção, mas eles estão determinados a resistir à opressão conservadora, sexista e machista. Trata-se de uma ficção criada com base no real, no que os atores estavam vivendo. O longa traz à tona questões sobre direitos civis de uma população considerada, muitas vezes, de segunda classe.

“A Cidade do Futuro”, de Cláudio Marques e Marília Hughes, estreia em 26 de abril em todo o país

“A Cidade do Futuro”, de Cláudio Marques e Marília Hughes, estreia em 26 de abril em todo o país

“A Cidade do Futuro”, de Cláudio Marques e Marília Hughes, estreia em 26 de abril em todo o país

O filme “A Cidade do Futuro” foi exibido em 14 países, passando por 38 festivais nas Américas, Europa, Ásia e Oceania. O título foi um dos filmes brasileiros que mais circulou internacionalmente em 2017, e conta com a distribuição da Espaço Filmes, em trabalho conjunto com a Vitrine Filmes. Ele foi premiado com R$ 300 mil no edital IRDEB/ FSA, programa Brasil de Todas as Telas de 2014, e tem o patrocínio ANCINE – Agência Nacional do Cinema.

Para saber mais a respeito, acompanhe o filme nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/pg/A-Cidade-do-Futuro-The-City-of-theFuture-901158243237871/posts/

Instagram: @A_Cidade_do_Futuro

Vamos assistir? 😘

LEIA TAMBÉM:

  • Nupill amplia linha Firmness Intensive e apresenta sabonete líquido facial com vitamina C Nupill amplia linha Firmness Intensive e apresenta sabonete líquido facial com vitamina C
  • Linha Woman Baruel - Pés femininos em ação Linha Woman Baruel – Pés femininos em ação
  • Sapien Women Surya Brasil – Como hidratar a pele do corpo durante o inverno?
  • Coachella 2017 – looks inspiradores!
  • lifestyle category image novidades-2 category image
    29 de Junho de 2017

    Na noite de terça-feira (27/06) fui convidada pela Paris Filmes, a assistir a pré-estreia do filme “Uma Família De Dois”, no Cinemark do Shopping Cidade São Paulo. E hoje, dia 29/06, o mesmo estreia nos cinemas, e já fica aqui a minha recomendação: assistam!

    Pré-Estreia de "Uma Família De Dois"

    Um filme de Hugo Gélin, conta como protagonista o ator francês Omar Sy, que dá vida à Samuel, um cara bon-vivant, sem muitas responsabilidades, que da noite para o dia não apenas descobre que pai de Gloria (Gloria Colton), uma menina de 3 meses, como se vê obrigado a assumir tal papel. Na verdade, a menina é fruto de uma noitada inconseqüente, com as quais Samuel estava muito acostumado. Quando a mãe de Gloria a abandona com Samuel, o mesmo desesperado vai até Londres para encontrá-la e tentar devolvê-la. Mas lá, ele acaba ficando, e com a ajuda de um grande amigo, arruma emprego, cria Gloria, e muda drasticamente a sua vida.

    Durante 8 anos, Samuel vai criando a filha Gloria em uma vida de sonhos, onde permite que a menina falte à escola, tenha incontáveis jogos e brincadeiras dentro de casa (como um escorregador e uma piscina de bolinhas), frequente o set de filmagens onde ele trabalha como ator dublê, entre outras coisas. Por medo de ver a filha sofrer com a verdadeira história sobre sua mãe, Samuel alimenta na menina a imagem da mesma como uma agente secreta que vive em viagens a trabalho, para justificar a sua ausência. Mas toda essa felicidade acaba sendo posta à prova quando a mãe de Gloria resolve aparecer, querendo participar da vida da filha.

    Uma Família De Dois - Resenha

    O filme inicia como uma comédia, com diálogos e situações bastante engraçadas. Mas, no meio do caminho torna-se um drama carregado de muita emoção…e uma grande surpresa. Isso mesmo, no decorrer da história, percebemos que o grande X parecia ser algo e na verdade, é outro que nos comove ainda mais. Enfim, não posso e não vou contar como termina, pois quero que vocês assistam ao filme. Apenas digo que existe propositalmente essa grande sacada de confundir o telespectador, para surpreender no final. E existe sim, uma puta lição de vida.

    Como aquecimento, deixo vocês com o trailer oficial do filme. Espero que gostem, e depois que assistirem, venham me contar o que acharam. 😘

    LEIA TAMBÉM:

  • Conhecendo a MadameLis na Hair Brasil 2018 Conhecendo a MadameLis na Hair Brasil 2018
  • Hotel do Sono Medley - Contar carneirinhos, nunca mais! Hotel do Sono Medley – Contar carneirinhos, nunca mais!
  • Totallaser - Depilação a laser, a tecnologia ao alcance de todos Totallaser – Depilação a laser, a tecnologia ao alcance de todos
  • Capezio lança coleção Juju On the Road Capezio lança coleção Juju On the Road
  • bate-papo-2 category image lifestyle category image
    16 de Junho de 2017

     

    Boa tarde, sexta-feira, sua linda! Se bem que já estamos no clima de fds desde quarta-feira a noite, não? E eu estou em clima de assistir filminho, então aproveitei o feriado ontem e fui ao cinema, finalmente assistir o tão comentado filme da nossa heroína Mulher Maravilha. E sabem o que achei? Sensacional, arrebatador, curti milhares de vezes. E digo isso não apenas pelo filme em si, mas por toda a parte de trilha sonora e efeitos especiais também.

    Inicialmente, Diana (a Muher Maravilha, interpretada por Gal Gadot) é uma menina, filha de Hipólita, a rainha das Amazonas, mas que sempre temeu que sua filha lutasse como uma guerreira, tentando-a impedir de todas as formas. Por outro lado, sua tia a ensina tudo isso, mesmo às escondidas. Mas, com o tempo, a mãe de Diana também percebe que a luta está no sangue da filha, e que já não pode mais impedí-la, então decide finalmente apoiá-la. Então, com a aparição de um homem misterioso chamado Steve Trevor (interpretado por Chris Pine), em Themyscira – sua ilha, que supostamente deveria ser privada – os alemães também a descobrem e então, uma verdadeira batalha está armada. Nesse momento, Diana percebe que precisa mesmo lutar para acabar com essa guerra, acabando com Ares, o deus mitológico que ela acredita ser o grande culpado. E lá se vai então, com Steve, para cumprir essa missão.

    Durante todo o momento em que interage com os humanos, percebemos muitas cenas e falas que mostram que esse filme veio para quebrar o paradigma do machismo, já que nos acostumamos a ver sempre a figura feminina frágil, precisando da proteção masculina. Embora possamos ver claramente que Steve a ajuda (sim, e ele é um gentlman!), fica claro para o telespectador que ele não é necessariamente o seu salvador. A princípio, ele acha sim que precisa protege-la, mas quando ele percebe que ela é capaz de parar as balas de armas de fogo utilizando o seu bracelete, já sabe que ela pode se cuidar e lidar sozinha com qualquer tipo de perigo. É aí então, que ele a deixa lutar sozinha com seus próprios demônios, pois sabe que essa luta era para ser apenas dela.

    Vale destacar momentos do filme, como por exemplo, o que Diana enfrenta a batalha em um cenário de vegetação totalmente morta e devastada pela ação humana – o auge do filme, sem sombra de dúvida. Também não podemos esquecer da parte cômica, onde Diana mostra também a sua ingenuidade em relação ao sexo oposto, de onde vem os bebês, e da sociedade em geral. Eu diria que além de acertar perfeitamente todos esses tons, o filme ainda acerta na escolha da protagonista: uma atriz que transparece a heroína poderosa, determinada, justa e ingênua – sem ser uma tola.

    Mulher Maravilha é, com certeza, um dos melhores filmes de heróis/heroínas já produzidos. Totalmente dinâmico, com ótimas cenas de luta e diálogos bastante inteligentes e humorados. E vocês, já assistiram?

    Mulher Maravilha, a maior heroína das histórias em quadrinhos no cinema

    LEIA TAMBÉM:

  • Biowash - Diferente Por Natureza Biowash, diferente por natureza – Multi Uso e Lava Louças Capim Limão
  • Daxx Higi para a nossa higiene íntima Daxx Higi para a nossa higiene íntima
  • Bem Torta Bistrô & Lounge, especialista em tortas salgadas e doces na Vila Olímpia, em São Paulo Bem Torta Bistrô & Lounge, especialista em tortas salgadas e doces na Vila Olímpia, em São Paulo
  • Frizée Cereser, o trio ideal para entrar no ritmo da folia! Frizée Cereser, o trio ideal para entrar no ritmo da folia!