• 1
  • 2
  • 3
  • 4
bate-papo-2 category image lifestyle category image
18 de Outubro de 2018

Oi, tudo bem com vocês, amores? 💖

Segundo dados levantados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Brasil somará cerca de 560 mil novos casos de câncer em 2018. É só os casos de câncer de mama correspondem  a 28% desse número. Mundialmente os dados também são alarmantes, pois o câncer de mama afeta 2,1 milhões de mulheres por ano, sendo o quinto que mais mata.

Para esclarecer dúvidas relacionadas ao câncer de mama, oncologistas do Centro Paulista de Oncologia (CPO) – Grupo Oncoclínicas comentam perguntas frequentes.

5 coisas que todos precisam saber sobre câncer de mama

  • Gravidez não aumenta risco de recidiva de câncer de mama

Muitos tipos de cânceres são sensíveis ao estrogênio, por isso, é comum que as mulheres tenham dúvidas em relação à gravidez após o tratamento do câncer de mama. No entanto, de acordo com uma análise apresentada durante o Encontro Anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO), a associação entre as alterações hormonais decorrentes da gestação a um maior risco de recidiva de um tumor de mama é equivocada.

O estudo avaliou um grupo de 1.207 pacientes, todas elas diagnosticadas com câncer de mama pré-menopausa – com menos de 50 anos – em 2008. “Passados 10 anos, 333 delas engravidaram e em comparação com as demais voluntárias, não houve diferença considerando a recidiva do câncer, inclusive em casos de tumores classificados como RE-positivo, quando as células cancerosas são receptoras de estrogênio e tendem a se proliferar em resposta a esse hormônio”, explica a Dra. Michelle Samora.

Para mulheres que tiveram tumores de mama RE-negativo e engravidaram após o tratamento, o risco de mortalidade despencou 42%.

  • Se eu utilizar algum método contraceptivo hormonal vou ter câncer de mama?

Ainda existem muitas questões sobre a relação direta entre a contracepção hormonal e o câncer de mama. Este ano, um estudo publicado no “The New England Journal of Medicine” revelou que o uso do anticoncepcional produziu um caso extra de câncer de mama para cada 7.690 mulheres por ano, considerando que, cerca de 140 milhões usam o anticoncepcional em todo o mundo.

Embora exista esse risco aumentado, ele ainda pode ser considerado relativamente baixo. “Como os próprios autores do estudo reforçam, a ameaça ligada aos métodos contraceptivos é pequena. Por isso, não há motivo para pânico – vale apenas avaliar se no seu caso, a pílula traz mais riscos do que benefícios”, afirma a Dr. Samora.

  • Homens também podem ter câncer de mama

Assim como as mulheres, homens também apresentam glândulas mamárias. Apesar da baixa incidência, o câncer de mama masculino pode se manifestar e existe um alto percentual de mortalidade. Segundo a American Cancer Society, cerca de 2.550 homens serão diagnosticados com câncer de mama invasivo e cerca de 480 morrerão a cada ano.

Na maioria das vezes, o diagnóstico é tardio, já que homens não costumam realizar a mamografia anualmente. “Para detectar qualquer tipo de problema, é preciso que o homem realize o autoexame com frequência, principalmente depois dos 50 anos para frente, que é a faixa etária em que ocorrem mais casos do câncer de mama masculino”, indica o Dr. Daniel Gimenes.

  • Exercícios são fundamentais para a prevenção e tratamento

A prática de exercícios é fundamental para uma vida saudável e, cada vez mais pesquisas mostram uma ligação direta com a prevenção e o tratamento do câncer. Um estudo publicado na revista científica Cancer Epidemiology, feita pelo Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), em parceria com a Universidade de Harvard, Universidade de Cambridge e Universidade de Queensland, mostrou que cerca de 10 mil novos casos de câncer poderiam ser evitados com a prática da atividade física.

“O movimento regular faz com que sejam eliminadas do sangue as moléculas de gordura, chamadas de lipídios, que servem como forma de alimento para as células tumorais. Isso significa que os exercícios dão um suporte extra para que o corpo possa combater o inimigo, reduzindo suas chances de crescimento”, afirma o oncologista Dr. Daniel Gimenes.

A melhora nos índices de resposta contra o tumor de mama pode ser obtida a partir de mudanças leves na rotina, cerca de 150 minutos de atividade física semanal, ou seja, 20 minutos por dia, já fazem a diferença.

  • Histórico de câncer de mama na família aumenta a probabilidade, mas não é fato que vá desenvolver a doença

Os cânceres hereditários se desenvolvem quando uma pessoa nasce com alterações herdadas da mãe ou do pai. Isso pode representar um fator de risco para o câncer de mama, mas a genética familiar ainda presenta um percentual baixo de todos os diagnósticos da doença. “Estima-se que entre 5 e 10% dos casos de câncer têm um forte componente hereditário, quando uma mutação transmitida de geração para geração é responsável por aumentar as chances de uma pessoa desenvolver a doença”, comenta o Dr. Gimenes.

Os testes genéticos podem auxiliar no diagnóstico precoce da doença, mas são indicados apenas quando há um alto risco de mutações associadas ao histórico familiar de câncer de mama em parentes próximos (mãe e/ou irmã) e que tenham apresentado tumores com idade inferior aos 50 anos.

  • Reposição hormonal aumenta riscos de câncer de mama?

A reposição hormonal é muito utilizada para amenizar os sintomas da menopausa, mas muitas mulheres sentem-se inseguras em relação à segurança do tratamento. Até o momento, não há nenhum estudo que comprove efetivamente a relação entre a reposição hormonal e o aumento do risco de câncer de mama, contudo se sabe que muitos tumores podem se desenvolver mais rápido por conta dos estímulos hormonais.

“Assim como no caso do anticoncepcional, a reposição hormonal apresenta um risco aumentado, mas ele ainda pode ser considerado relativamente baixo”, salienta a oncologista Michelle Samora. Mulheres que já tiveram câncer de mama, histórico familiar da doença ou alguma pré-disposição genética, o estímulo hormonal deve ser avaliado com cautela e sempre com acompanhamento médico.

LEIA TAMBÉM:

  • Copos de shot para tequila, y outras cositas más? Na Gorila Clube tem! Copos de shot para tequila, y outras cositas más? Na Gorila Clube tem!
  • Mareno Restaurante - A boa gastronomia mora aqui Mareno Restaurante – A boa gastronomia mora aqui
  • 5 filmes para assistir - sozinho ou acompanhado - no Dia dos Namorados! 5 filmes para assistir – sozinho ou acompanhado – no Dia dos Namorados! ❤️
  • Daxx Higi para a nossa higiene íntima Daxx Higi para a nossa higiene íntima
  • bate-papo-2 category image lifestyle category image moda category image
    6 de Janeiro de 2018

    Olá, lindas e lindos! Como estão? 😍 Hoje estou um pouco atrasada, mas antes tarde do que nunca. De agora em diante, faremos o possível para minimizar atrasos por aqui, e melhorar ainda mais o conteúdo não somente no blog, como nas redes sociais também. Como podem ver, essa semana já falamos um pouco a respeito de cuidados com peças íntimas (veja o post aqui) e que tal darmos um pouco mais de atenção à essa questão tão importante para nós, mulheres?

    Importante, mas que gera uma certa discussão, afinal até que ponto vale sentir-se linda e valorizar o nosso orpo com um sutiã que não é do tamanho do nosso seio? É isso mesmo, de acordo com uma pesquisa realizada pela Triumph International, aproximadamente 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado da peça íntima. 😱

    Para Júnior Zampol, diretor do Grupo Lutestil, fabricante da marca LUT, esse hábito está cada vez mais crescente.

    É bem comum que as mulheres comprem o tamanho diferente de sutiã, seja maior ou menor. Na maioria dos casos, isso acontece devido ao design ou cor. Alguns casos acontecem também devido às novelas e propagandas em que a atriz faz uso de algum modelo que vira peça-desejo das mulheres. Porém, nos magazines, nem sempre há todos os tamanhos, e ainda assim elas compram do tamanho errado, só para ter o produto.”

    Certamente, assim como muitas de nós (eu, com certeza!), advogada Tamara Cestari é uma das mulheres que já comprou sutiã do tamanho errado.

    O maior problema que eu tenho, na hora de sair para comprar algo para mim, com certeza é com sutiã. No meu caso, se eu comprar um sutiã que fique bem nas costas, ele fica muito pequeno na parte da frente. E se for bom na frente, fica largo atrás. E, obviamente, já comprei modelos também que não são do meu tamanho porque os achei bem bonitos.” 

    Confesso, particularmente, que tenho problema semelhante ao da Tamara Cestari na hora de escolher um sutiã ideal para o meu tamanho. E confesso também que durante um bom tempo, me preocupava apenas com a parte da frente (tenho seios grandes e fartos) e me esquecia da importância da sustentação nas costas. Passei a dar valor a essa questão, depois que (sim!) coloquei a prótese de silicone.

    O diretor da marca ressalta que a maioria dos casos acontecem com mulheres entre 18 e 40 anos.

    Pensando em acabar com esta prática, a Lut oferece para o mercado peças que se adequam ao corpo da mulher. É algo inovador, que certamente diminuirá esse consumo de comprar sutiãs nos tamanhos errados.”

    A Lut, ou Lutesil, está no mercado de moda íntima feminina há 35 anos, e atende os maiores magazines e lojas de todo o Brasil, graças a sua elevada capacidade de produção mensal.

    E vocês, o que acharam? Aposto que já fizeram alguma escolha errada de sutiã também, não? Contem aí nos comentários. 😍

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

     

    LEIA TAMBÉM:

  • Vision Center lança a nova coleção Rayban Blaze Vision Center lança a nova coleção Rayban Blaze
  • Thelure – Coleção Amazona Rocker
  • Jóias delicadas para o Dia das Mães Jóias delicadas para o Dia das Mães
  • Riachuelo Moda Casa apresenta coleção Espaço Torcedor Riachuelo Moda Casa apresenta coleção Espaço Torcedor
  • beleza category image lifestyle category image
    6 de Novembro de 2017

    Olá, minhas lindas! Como estão? 💖 Espero que ótimas, e muito bem cuidados. E por falar em cuidados, que tal darmos aquela atenção especial para nossos pezinhos? Pois a nossa rotina tem incorporado à eles tanto cuidado quanto temos com nosso rosto, corpo, pele e cabelos. Por esse motivo, a empresa líder no segmento de cuidados com os pés, Baruel, fez questão de renovar a sua linha Tenys Woman, que vem com nova fragrância e embalagens muito mais práticas, além de combater até 99% de fungos e bactérias. Maravilha, né?

    Quanto à sua nova fragrância, a mesma vem combinada com notas cítricas, como o limão siciliano, a bergamota, e o delicado aroma de rosas, violetas e flor de lotus, que transmitem a sensação de frescor e suavidade para nós, mulheres que adoramos praticidade no nosso dia-a-dia.

    A nova linha Woman da Baruel vem composta por três produtos que reúnam tecnologia e modernidade, prontos para cuidar e proteger nossos pés, eliminando odores da transpiração, mantendo-os secos e hidratados durante todo o dia. São eles:

    Linha Woman Baruel - Pés femininos em ação

    Tenys Pé Jato Seco Woman: mantém os pés protegidos durante 24 horas, ideal para ser usado com sandálias e sapatos mais abertos, pois sua absorção é imediata, não deixando resíduos. Possui ação antisséptica, e elimina odores da transpiração. Sua embalagem contém 86g, e seu valor sugerido para venda é de R$ 14,50.

    Linha Woman Baruel - Pés femininos em ação

    Tenys Pé Baruel Creme para os pés Woman: desenvolvido com fórmula exclusiva 3 em 1, possui ação hidratante, desodorante e antisséptica. Composta por extrato de calêndula, com sensação calmante e tonificante, também ideal para ser usado com sandálias e sapatos abertos, devido à sua absorção imediata. Contem 100g na embalagem, com valor sugerido para venda de R$ 7,90.

    Linha Woman Baruel - Pés femininos em ação

    Tenys Pé Pó Antisséptico Woman: desodorante para os pés com ação antisséptica, protege diariamente contra os odores da transpiração. Sua fórmula foi desenvolvida para oferecer a textura mais fina do mercado, o que garante a rápida absorção da umidade. Pode ser aplicado diretamente nos pés, ou dentro do sapato ou tênis. Vem em embalagem com 100g, e seu valor sugerido para venda é R$ 7,60.

    Eu, particularmente, já usava antes o pó antisséptico da linha Woman Baruel, especialmente quando voava (na troca de sapatos para assumir voos, adorava aplicar neles!). Agora, recentemente recebi a nova linha completa em casa, já comecei a usar e estou adorando. Super recomendo mesmo.

    E vocês, o que acharam? Não deixem de opinião aqui nos comentários, e para quem deseja mais informações, só acessar www.baruel.com.br ou ligar no SAC 08000 550 839

    😘😘

    LEIA TAMBÉM:

  • Se cuidar vai muito além de um ato de carinho Se cuidar vai muito além de um ato de carinho
  • Uma Família De Dois – Resenha
  • Beauty Vip Club, a primeira agência de marketing digital para influencers de beleza Beauty Vip Club, a primeira agência de marketing digital para influencers de beleza
  • Resenha - BB Cream Hidracolors FPS 50 Árago Resenha – BB Cream Hidracolors FPS 50 Árago