• 1
  • 2
  • 3
  • 4
bate-papo-2 category image beleza category image
1 de Outubro de 2018

Hellooo, amores! ❤️ E aí, como estão vocês?

Quem aqui rói ou já roeu as unhas? Eu já, é muito! Graças a Deus, parei com isso, e o mais legal é que antes mesmo de conferir essas dicas da Ana Costa, que é artista da Singu (marketplace incrível de beleza e bem estar), eu já havia aplicado elas na minha vida para deixar de lado esse hábito tão ruim.

Sentimentos como ansiedade, estresse, nervosismo, tédio ou fome são alguns dos motivos ligados à onicofagia – conhecido popularmente como o hábito de roer as unhas. Sim, é algo muito mais comum do que se imagina encontrar pessoas com este vício. Procurar um psicólogo para entender E resolver esses problemas pode ser uma boa saída, mas existem alguns métodos que auxiliam, que a Ana nos passou.

Vamos conferir?

Manicure em dia

Realizar a manutenção toda a semana torna mais fácil abandonar o hábito de roê-las, já que o resultado fica tão bonito que dá aquela dó de estragar e acabar com todo o trabalho utilizando os dentes. Melhor sempre contar com uma manicure para cutilar, lixar e pintar as unhas.

Esmaltes inibidores

Além do utilizar produtos focados em fortalecer as unhas, uma boa opção também é utilizar aqueles esmaltes inibidores, que tem gosto amargo, sabe? Isso inibe a vontade de colocar os dedos em contato com a boca, garantindo mais saúde às unhas.

Ajustar o tamanho

A maioria das mulheres ainda deseja ter unhas compridas (acho lindas, mas nada práticas!) porém no início do processo, o melhor é mantê-las curtas, evitando que quebrem, surgindo assim a vontade de roer.

Unhas postiças ou em gel

Uma opção mais rápida é utilizar unhas postiças, ou em gel, que  garantem a textura e comprimento almejados em poucos minutos, e podem ser usada até a unha natural crescer e ganhar força.

4 dicas para não roer mais unhas

E aí, o que vocês acharam das dicas? Já utilizaram alguma? Me contem nos comentários. 😘

LEIA TAMBÉM:

  • Sérum com óleo de coco orgânico para cabelos revitalizados Sérum com óleo de coco orgânico para cabelos revitalizados
  • Kapeh Cosméticos apresenta Linha Gourmet Café Com Leite Kapeh Cosméticos apresenta Linha Gourmet Café Com Leite
  • Raízes - Soraya Campos Acessórios Raízes – Soraya Campos Acessórios
  • Universo do Aroma - Muito mais beleza, saúde e bem estar para sua vida! Universo do Aroma – Muito mais beleza, saúde e bem estar para sua vida!
  • bate-papo-2 category image lifestyle category image
    29 de Setembro de 2018

    Oi, meus amores? ❤️ Tudo bem com vocês?

    Quando pensamos em saúde, o mais natural é que nossa mente pense logo em parar de comer, perder peso, barriga, deixar de comer o que gostamos, etc.

    Se cuidar vai muito além de um ato de carinho

    Uma meta mal estipulada como “perder peso” não funciona, já que cérebro nunca quer “perder”, apenas ganhar. Então, é importante criar um sentido positivo, como, “ganhar um corpo mais saudável”, ou “ganhar um corpo mais leve”. Também é necessário determinar o que queremos especificamente, com dia, local e o que você ganharemos ao atingir tal meta.

    O exercício físico é um investimento intransferível, ou seja, só nós podemos fazer por nós mesmas, só tal como escolher um caminho de saúde e realização. Estudos comprovam os benefícios que o exercício físico promove a saúde, mas nem assim pode-se observar aumento na aderência aos exercícios físicos.

    Sabemos que as doenças que mais acometem a população, como as do coração, diabetes, acidentes vasculares e problemas metabólicas, não costumas apresentar sintomas,  e quando apresentam, normalmente já é tarde demais.

    O estresse também está cada vez mais presente na vida das pessoas, o que inibe o crescimento e a regeneração dos tecidos corporais, prejudica a nossa imunidade, provocam dores corporais, noites cheias de insônia. Quem perde com tudo isso é a nossa saúde e a beleza, o que significa que a mudança precisa acontecer de dentro para fora.

    Então, voltamos ao início, quando falamos que uma meta bem definida precisa ser positiva e acompanhada dos recursos necessários para acontecer. Vamos imaginar como será o seu ambiente, o local de convívio com a essa meta atingida? Por exemplo, como será ao comprar uma roupa nova, agora com mais saúde e mais auto-estima. E quanto ao sono, que dormindo melhor, estamos ativando um potente hormônio rejuvenescedor, melhorando a pele, o cabelo e até a unha.

    Que tal nos imaginarmos depois de atingir essa meta, irmos até a data da conquista, olhar para trás, ver, ouvir e sentir, o que foi preciso acreditar para tudo se tornar-se uma realidade?

    Que possamos viver com muito mais saúde, alegria e melhor auto-estima. 💖

    LEIA TAMBÉM:

  • It Shop com presença da Lady Lilith Concept It Shop com presença da Lady Lilith Concept
  • Imagem & Estilo – Como escolher o top ideal para a academia
  • Jim Morrison + inspirações rock style
  • Melasma? Calma, que tem jeito! Melasma? Calma, que tem jeito!
  • bate-papo-2 category image lifestyle category image outros category image
    24 de Setembro de 2018

    Olá, amores! ❤️ Como estão?

    Aposto que muitas aqui já ouviram falar sobre o Setembro Amarelo, não é mesmo? Pois é, desde 2015, o mês de setembro se tornou De conscientização do suicídio, que é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. De acordo com uma pesquisa feita pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), no Brasil, a cada 45 minutos uma pessoa atenta contra a própria vida e, pelos números oficiais fornecidos pela entidade, são cerca de 25 brasileiros mortos por dia. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio já tem taxa de mortalidade superior às vítimas de HIV.

    Setembro Amarelo - 7 principais causas que as pessoas sinalizam antes de cometer o suicídio

    Existem diversos fatores que desencadeiam esses episódios. Suas raízes ainda são profundas e muito estudadas pelos psiquiatras, e seus motivos diferem de indivíduo para indivíduo. Abaixo, estão algumas das principais causas e sinais que um suicida pode dar antes de tirar a própria vida:

    Depressão e doenças mentais: indivíduos com esses quadros devem sempre receber uma atenção maior, pois é considerada uma doença silenciosa. É imprescindível que o diagnóstico seja feito o quanto antes;

    Drogas: o uso de drogas ilícitas também pode desencadear o problema. Nos casos onde pessoas depressivas fazem o uso de álcool ou drogas, a vigilância deve ser redobrada, pois a combinação de ambos os fatores resulta no maior número de mortes no mundo inteiro;

    Insatisfações: frases como: “eu quero sumir”, “não aguento mais” e, principalmente, “eu queria morrer” podem ser um pedido de ajuda inconsciente. É necessário se atentar àqueles que externam seus sentimentos;

    Adolescência: já conhecida por ser uma das fases mais atribuladas e difíceis da vida, a adolescência mascara muitos sinais de suicídio, que acabam sendo confundidos por amigos e familiares como um comportamento normal da idade. Devemos ter muito cuidado com esses jovens, oferecendo ajuda quando for preciso;

    Mudanças: a morte de um ente querido, o fim de um relacionamento, a mudança de casa ou trabalho, podem desestruturar um indivíduo e dar espaço a pensamentos negativos. Esses episódios podem gerar perda de interesse em atividades e eventos, levando a um quadro depressivo e ao possível suicídio;

    Falsa melhora: Muitas pessoas que já tentaram o suicídio alegam ter melhorado para tranquilizar familiares e amigos a fim de diminuir suas preocupações e, enfim, poderem colocar em prática o ato. Cuidado redobrado!

    O mito do suicídio: Uma das frases mais ouvidas por aí e de que um suicida não ameaça, e isso é um engano. Quem quer tirar a própria vida fala do ato e deixa sinais, sim.

    É preciso falar sobre o assunto, e  não só em setembro, mas durante todo o ano. Falar de forma transparente, sem banalizar, julgar, condenar e opinar diante a essa situação. Se você conhece alguém nessa situação, por favor, incentive-o a procurar um profissional especializado para que possa receber todo o suporte necessário.

    Tenhamos mais empatia pelo ser humano! Mais amor, por favor! 💛

    LEIA TAMBÉM:

  • Na cabeceira – 101 Filmes Para Quem Ama Moda
  • Vila Salute - Empório & Rotisserie lança sua linha de sopas sem glúten Vila Salute – Empório & Rotisserie lança cardápio de inverno
  • Clube Melissa Jardim Sul – Coleção Flygrl
  • Raisa Cosmética completa 10 anos e lança produtos diferenciados para comemorar Raisa Cosmética completa 10 anos e lança produtos diferenciados para comemorar
  • bate-papo-2 category image beleza category image
    11 de Setembro de 2018

    Oi, amores! ❤️ Tudo bem com vocês?

    Quem aqui me viu há alguns dias atrás nos Stories do Instagram, com o rosto descascando? 🤔 Pois, quem viu, sabe que era consequência de um protocolo de tratamento contra o melasma, que iniciei recentemente com um peeling facial. Na verdade, desde muito tempo que minha pele sofre do melasma, e por esse motivo, busquei auxílio da Dra. Alessandra Toledo (@draalessandratoledo), que é dermatologista e especialista no tratamento de manchas na pele. Na ocasião, ela nos compartilha algumas informações, assim como sugestões de como combater e prevenir o tão indesejado melasma.

    Mas o que é isso? Trata-se de um distúrbio da pigmentação, onde se formam manchas escuras que podem variar entre vários tons de marrom, por excesso de melanina, o pigmento da pele. É mais comum em mulheres entre os 20 e 50 anos, mas pode afetar também os homens. O melasma atinge mais comumente a testa, as bochechas, o nariz e a região acima dos lábios. Porém, pode surgir em toda a face, bem como no colo e parte externa dos braços.

    Melasma? Calma, que tem jeito!

    Causas: 

    Não existe uma única causa definida para o melasma. Seu surgimento está relacionado, principalmente, à exposição solar, fatores hormonais (gravidez e-ou uso de anticoncepcionais), predisposição genética, uso de determinadas medicações e até mesmo alguns cosméticos.

    Sintomas:

    Um de seus principais sintomas é o escurecimento das áreas da pele mais expostas ao sol, especialmente no rosto. As cores podem variar conforme o tom de pele da pessoa, sendo o formato irregular, e geralmente simétrico (igual dos dois lados da face).

    Cura: 

    Uma vez que não há cura para o melasma, o ideal é se prevenir, especialmente evitando a exposição excessiva ao sol, e usando protetor solar diariamente. Sua aplicação deve, SIM, ser feita diversas vezes ao longo do dia.

    Diagnóstico: 

    O diagnóstico de melasma não é complicado, mas tem de ser feito por um especialista. O dermatologista também pode indicar os tratamentos mais indicados para prevenção e alívio dos sintomas.

    Tratamentos: 

    Atualmente, existem diversos tratamentos, além de cremes e medicamentos, que proporcionam bons resultados na diminuição e clareamento das manchas.

    O Ácido Tranexâmico via oral é uma substância que previne a ação do melanócito pela radiação ultravioleta. Ou seja, bloqueia as inflamações causadas pelo sol e o aumento na formação de melanina. Já o Laser Nd Yag Q-switched, com energia baixa e pulso ultrarrápido, destrói o pigmento sem causar queimadura, pois libera pouco calor.

    O Microagulhamento consiste em microperfurações que estimulam os fibroblastos, células responsáveis pela produção de colágeno e reduzem a pigmentação de manchas. Já o Peeling Químico é muito eficaz para o tratamento de vários tipos de manchas, o peeling promove a renovação da pele, tornando-a mais firme, jovem e com coloração mais uniforme.

    Quem mais aí sofre de melasma? Já fizeram algum tratamento? Me contem tudinho aí nos comentários. 😘

    LEIA TAMBÉM:

  • Monnali: Um ateliê de lingerie criado para mulheres que enfrentam ou já enfrentaram o câncer de mama
  • Hotel do Sono Medley - Contar carneirinhos, nunca mais! Hotel do Sono Medley – Contar carneirinhos, nunca mais!
  • Ykas All In Love Fabulous
  • Expo Mercado Feminino - Blogueiras Empreendedoras Expo Mercado Feminino – Blogueira Empreendedora
  • bate-papo-2 category image beleza category image lifestyle category image moda category image
    22 de Agosto de 2018

    Oi, amores! Tudo bem com vocês? ❤️

    Quem me acompanha no Instagram, deve ter visto que há alguns dias, fui convidada a conhecer uma ideia linda e emocionante, a Monnali Ateliê. A marca foi criada para atender às necessidades das mulheres que enfrentam ou já enfrentaram o tratamento do câncer de mama. Afinal, não é de hoje que mulheres mastectomizadas encontram dificuldades para achar uma linha de lingerie e moda praia, e a Monnali Ateliê surgiu para quebrar esse paradigma, mostrando que elas podem e devem sim, vestir-se bem, e sentindose muito bem consigo mesma.

    Não é segredo para ninguém, e tampouco é preciso estar nesta situação para saber que diagnóstico do câncer em um primeiro momento pode ser desesperador, e que diante de toda essa situação a auto estima pode cair muito. Em casos mais extremos, onde a retirada da mama se faz necessária, muitas mulheres acreditam que a feminilidade chegou ao fim, e então a Monnali vem para mostrar que é sim, possível resgatar esse sentimento.

    Monnali: Um ateliê de lingerie criado para mulheres que enfrentam ou já enfrentaram o câncer de mama

    O ateliê foi construído totalmente do zero, sendo cada detalhe muito bem pensado para proporcionar o conforto e bem estar para as clientes. Tudo isso desde a arquitetura do espaço, até mesmo a disposição das peças provadores, e aroma do ambiente, segundo Monica Dinoe, uma das fundadoras da marca.

    “Quando tivemos um caso na família, e começamos acompanhar o tratamento e a mastectomia, percebemos de perto o quanto o câncer de mama pode maltratar uma mulher, não só fisicamente mas psicologicamente. Vimos uma pessoa querida se diminuir por não achar nada que a fizesse se sentir bem, sempre achamos produtos com baixa qualidade, sem graça, foi aí que surgiu a ideia da Monnali, de criar uma linha moderna, confortável mas principalmente que eleva auto estima da mulher.” conta Monica Dinoe.

    Além de inúmeras opções disponíveis, as clientes ainda terão acesso a um espaço com todo conforto, atenção, muito carinho, e um mostruário completo para saírem satisfeitas. A Monnali Ateliê também tem atendimento on-line, e entrega para todos o Brasil, não somente artigos de lingerie e moda praia, como também, próteses externas é uma linha de cosméticos para amenizar os efeitos colaterais da pele durante todo o tratamento.

    O Monnali Ateliê foi recentemente inaugurado, e está localizado na Galeria Borba Gato – loja 37, São Paulo. Para conhecer melhor sobre seu trabalho, acessem e sigam @monnaliatelieoficial no Instagram.

    Uma linda ideia, não é, amores? Gostaram? 😘

    LEIA TAMBÉM:

  • Biowash - Diferente Por Natureza Biowash, diferente por natureza – Multi Uso e Lava Louças Capim Limão
  • Daxx Higi para a nossa higiene íntima Daxx Higi para a nossa higiene íntima
  • Mareno Restaurante - A boa gastronomia mora aqui Mareno Restaurante – A boa gastronomia mora aqui
  • Uma Família De Dois – Resenha
  • bate-papo-2 category image
    14 de Fevereiro de 2018

    Helloooo, lindas e lindos! Como tem passado? Recentemente, voltei para São Paulo e já estou na ativa novamente. E hoje eu queria fazer um desabafo sobre algo bastante polêmico na blogosfera : sobre o tanto de releases que chegam todos os dias na nossa caixa de e-mails. Afinal, será que todo e qualquer assunto que recebemos “vale uma notinha”? Ok, vale lembrar que eu mesma já publiquei alguns que recebi, e posso publicar, mas sinto que precisamos esclarecer alguns pontos.

    Vale uma notinha? - Sobre release para blogueiras

    É certo que os blogs, que surgiram como a ideia de ser um “diário virtual”, ganharam bastante destaque (obrigada, Senhor!) 🙌 no sentido de armazenar e passar informações para a frente, a  ponto de virarem uma ótima opção na mídia. Por essa razão, profissionais na área de comunicação entenderam a importância de se trabalhar junto a nós, e passaram a nos incluir em seus planos e mailings de clientes. Até aí, tudo lindo e ok, certo? Mas enviar releases,  será que sempre vale a pena? Será mesmo que nossos públicos são 100% parecidos?

    Vamos lá, precisamos ressaltar que ainda existe uma grande diferença entre veículos de blogs. Os veículos vivem de notícias, então receber releases faz parte do trabalho e funciona muito bem. Isso sem falar que o jornalista recebe sua remuneração para realizar tal trabalho, ok? Mas e nós, blogueiras? Pois então, o que fazemos é escrever a nossa opinião sobre coisas, produtos, eventos, tudo dentro do nosso espaço. Ou seja, não recebemos remuneração para isso, e não temos a função de apurar, como um jornalista.

    Até aqui, foi possível perceber o quanto blogueiras e releases não estão no quadrante de uma perfeita combinação. Ok, isso também não significa que as assessorias não possam nos enviar, ou questionar o recebimento de seu material. Eu mesma, adoro alguns que recebo, e muitas vezes me ajudam na hora de produzir um conteúdo também. O que considero dizer é que, com certo cuidado na abordagem, isso poderia sim fazer uma boa diferença nos resultados.

    Querem ver como?

    1. Conhecer bem a blogueira com que gostaria de manter uma relação profissional, saber quais são seus assuntos relevantes e interessantes. Isso já facilita muito na hora da abordagem.
    2. Antes de enviar uma ação ou presskit – já vamos tocar nesse ponto também – não custa nada confirmar os dados de recebimento (as pessoas podem mudar de endereço, né?), avaliar se a blogueira tem afinidade com o assunto, ou a marca em questão. Eu, por exemplo, ainda não sou mãe, e já me pediram para publicar sobre produtos para bebês. Oi?!?!?
    3. As vezes, o assunto é legal, e até relevante para nossos blogs e redes sociais, mas vem sem a imagem, ou a mesma vem em baixa qualidade para download. Seria interessante entregar a “notinha” com serviço completo, sem que tenhamos que ficar solicitando imagens, não é mesmo?
    4. Sobre os presskits, não somos “Maria Brindeiras” (embora existam muitas, infelizmente), mas fica, no mínimo, bem feio que os mesmos sejam enviados apenas para uma parte do mailing, e para a outra apenas o texto pedindo “notinha”. O ideal é que se escolha com quem se quer trabalhar, e que todas as escolhidas possam recebê-lo. E sim, nós geralmente sabemos quem recebe e quem não, é isso é muito chato.
    5. Criar hashtags ajuda a medir os resultados, e seria bom se viessem junto, para que usarmos nas publicações.  Mas nem sempre vem.
    6. Sobre eventos, nem quero me aprofundar. Postarei apenas sobre os quais eu for convidada a prestigiar. Qual o sentido de falamos daquele super evento de lançamento de produto, inauguração de estabelecimento, show, ou qualquer outro para o qual nem convite recebemos? Para mim, nenhum. Gosto de compartilhar as minhas vivências com minhas leitoras. Logo, se não vivi tal experiência, não tenho como falar, não é mesmo?

    “Ah, Melissa, mas e se rolar pagamento em dinheiro pela sua publicação no blog?”-  Seria nosso sonho, rsrs! Embora seja difícil, mas caso venha a acontecer, a gente vai lá e faz o que deve ser feito por nós,  quando fazemos nossos publiposts: os mesmos serão devidamente sinalizados como tal. E ponto.

    Embora todas as medidas indicadas tenham certo impacto, ainda é importante investir nesse tipo de relacionamento. E podemos sim, trazer bons resultados para ambas as partes.

    E por aqui, temos alguma leitora blogueira? E assessoria? Caso tenha, gostaria muito de um feedback de vocês nos comentários. Ou, caso prefiram, só me enviar um e-mail para conversarmos melhor. 😘

    LEIA TAMBÉM:

  • Tattoo nova, Bepantol e afins - Brincando de Youtuber Tattoo nova, Bepantol e afins – Brincando de Youtuber
  • Melasma? Calma, que tem jeito! Melasma? Calma, que tem jeito!
  • Imagem & Estilo – Preto e Azul Marinho, combinam sim!
  • Monnali: Um ateliê de lingerie criado para mulheres que enfrentam ou já enfrentaram o câncer de mama
  • bate-papo-2 category image lifestyle category image novidades-2 category image outros category image
    15 de Janeiro de 2018

    Expo Mercado Feminino - Blogueiras Empreendedoras

    Ser uma blogueira empreendedora significa que você tem paixão pelo que faz e você sabe o quanto tem valor ser divulgada e divulgar a sua participação em um evento como este que oferecerá informações para o seu crescimento.

    SOBRE O EVENTO
    Estamos nos preparando para o nosso próximo encontro na 2º Edição da EXPO MERCADOFEMININO que acontecerá no dia 22.01.2018

    Local – Hotel Transámerica Jardins
    Endereço – 473 Jardim Paulista/ SP
    Horário – Das 13h30 às 19h00
    Estacionamento no local (serviços de vallet e estacionamento pago diretamente no local)
    Para quem preferir, poderá ir de ônibus, metrô ou Uber)

    Programação
    Início – das 13h30 até às 14h30 – Coquetel de boas vindas as convidadas e abertura oficial (Welcome)
    Das 15h00 em diante até às 19h00, você participará de um evento dinâmico, repleto de informações, emoção, bate papo, palestras, networking, consultoria de moda, coffee break e sorteios.

    Vamos receber mais de 10 mulheres de diferentes áreas para falar sobre suas experiências profissionais e apresentar os seus serviços e produtos.

    Será uma tarde deliciosa, cheia de experiências e emoções!

    A convite da @lilianedaquino e do @mercadofeminino eu estarei participando da 2º Edição da EXPOMERCADOFEMININO como BLOGUEIRA EMPREENDEDORA E EMBAIXADORA.

    Este evento é exclusivo para convidados, inscritos e confirmados.

    Mais informações no site ou pelo telefone (11)998566850.

    Até breve!

    LEIA TAMBÉM:

  • Marisa apresenta nova coleção Marisa apresenta Nova Coleção
  • Via Tolentino, modernidade e elegância no nosso dia-a-dia!
  • Clube Melissa apresentou Verão 2019 com ações especiais Clube Melissa apresentou Verão 2019 com ações especiais
  • Resenha - Tira Tudo Dailus Resenha – Tira Tudo Dailus
  • bate-papo-2 category image lifestyle category image moda category image
    6 de Janeiro de 2018

    Olá, lindas e lindos! Como estão? 😍 Hoje estou um pouco atrasada, mas antes tarde do que nunca. De agora em diante, faremos o possível para minimizar atrasos por aqui, e melhorar ainda mais o conteúdo não somente no blog, como nas redes sociais também. Como podem ver, essa semana já falamos um pouco a respeito de cuidados com peças íntimas (veja o post aqui) e que tal darmos um pouco mais de atenção à essa questão tão importante para nós, mulheres?

    Importante, mas que gera uma certa discussão, afinal até que ponto vale sentir-se linda e valorizar o nosso orpo com um sutiã que não é do tamanho do nosso seio? É isso mesmo, de acordo com uma pesquisa realizada pela Triumph International, aproximadamente 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado da peça íntima. 😱

    Para Júnior Zampol, diretor do Grupo Lutestil, fabricante da marca LUT, esse hábito está cada vez mais crescente.

    É bem comum que as mulheres comprem o tamanho diferente de sutiã, seja maior ou menor. Na maioria dos casos, isso acontece devido ao design ou cor. Alguns casos acontecem também devido às novelas e propagandas em que a atriz faz uso de algum modelo que vira peça-desejo das mulheres. Porém, nos magazines, nem sempre há todos os tamanhos, e ainda assim elas compram do tamanho errado, só para ter o produto.”

    Certamente, assim como muitas de nós (eu, com certeza!), advogada Tamara Cestari é uma das mulheres que já comprou sutiã do tamanho errado.

    O maior problema que eu tenho, na hora de sair para comprar algo para mim, com certeza é com sutiã. No meu caso, se eu comprar um sutiã que fique bem nas costas, ele fica muito pequeno na parte da frente. E se for bom na frente, fica largo atrás. E, obviamente, já comprei modelos também que não são do meu tamanho porque os achei bem bonitos.” 

    Confesso, particularmente, que tenho problema semelhante ao da Tamara Cestari na hora de escolher um sutiã ideal para o meu tamanho. E confesso também que durante um bom tempo, me preocupava apenas com a parte da frente (tenho seios grandes e fartos) e me esquecia da importância da sustentação nas costas. Passei a dar valor a essa questão, depois que (sim!) coloquei a prótese de silicone.

    O diretor da marca ressalta que a maioria dos casos acontecem com mulheres entre 18 e 40 anos.

    Pensando em acabar com esta prática, a Lut oferece para o mercado peças que se adequam ao corpo da mulher. É algo inovador, que certamente diminuirá esse consumo de comprar sutiãs nos tamanhos errados.”

    A Lut, ou Lutesil, está no mercado de moda íntima feminina há 35 anos, e atende os maiores magazines e lojas de todo o Brasil, graças a sua elevada capacidade de produção mensal.

    E vocês, o que acharam? Aposto que já fizeram alguma escolha errada de sutiã também, não? Contem aí nos comentários. 😍

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

    De acordo com pesquisa, cerca de 64% das mulheres do mundo usam o modelo errado de peça íntima

     

    LEIA TAMBÉM:

  • Sobre a tendência da bota branca Sobre a tendência da bota branca
  • Inverno com avalanche de descontos? Corre pra Fifi Look's! Inverno com avalanche de descontos? Corre pra Fifi Look’s!
  • Linha Woman Baruel - Pés femininos em ação Linha Woman Baruel – Pés femininos em ação
  • Robe Noire por Claudia Métne Robe Noire por Claudia Métne
  • bate-papo-2 category image lifestyle category image outros category image videos category image
    14 de Novembro de 2017

    Hellooo, lindas e lindos! Tudo bem? 😍 Hoje o post está saindo com bastante atraso por aqui, mas antes tarde do que nunca, né? E hoje o dia foi bem corrido, porém produtivo e compensador. 🙌 Acho válido aprender a ser cara dura em alguma situações, é uma delas está aqui hoje: brinquei de Youtuber e agora estou aqui para falar – e mostrar – para vocês! 😉

    Pois é, o vídeo não está mesmo nada profissional. Na verdade, era para ter sido um vídeo de apenas 1 minuto, o tempo que o Instagram permite, mas saiu mais longo e resolvi  registra-lo no meu “projeto de canal no YouTube. Afinal, vai que me empolgo, né?

    Tattoo nova, Bepantol e afins - Brincando de Youtuber

    Como vocês puderam ver na foto anterior, fiz recentemente uma nova tattoo, essas lindas cerejinhas no ombro esquerdo. Aí, ela já aparece cicatrizada, depois de 2 semanas, sem nada de casquinha.

    Durante esse período, tive alguns cuidados específicos, como o uso de TropicalDerm, uma película que serve para proteger a tatuagem ainda na fase de cicatrizacao, e ajuda a mantê-la viva. Tal material me foi fornecido pela própria equipe que me tatuou, pois é bem específico para a área. Utilizei-o durante  4 dias seguidos.

    Porém, assim que o tirei, comecei a aplicar a pomada Bepantol Derma Creme, cuja indicação também é essa. Sinceramente falando, para mim deu super certo, graças a Deus. Por outro lado, quando postei em minha conta no Instagram essa próxima foto, percebi uma certa polêmica nos comentários. Isso porque muita gente achou loucura da minha parte usar tal produto em cima da tatuagem (ok, exagerei mesmo um pouco na quantidade, rsrsrs!) 🙈 Afinal, o mesmo poderi desbota-la. De fato, depois disso, fui dar uma pesquisada sobre o assunto, e vi que com algumas pessoas isso realmente ocorreu.

    Tattoo nova, Bepantol e afins - Brincando de Youtuber

    Enfim, foi o vídeo na intenção de comentar rapidamente o fato, salientando principalmente o respeito que tenho à opinião de todas, assim como a gratidão pelas mesmas. Comigo, os cuidados com Bepantol Derma Creme funcionaram muito bem, agora estou apenas hidratando-a mesmo. E ela está ótima, obrigada. 🍒

    Aproveito a oportunidade para falar duas coisas bacanas para vocês:

    1. Já que resolvi brincar um pouco de Youtuber – e minha real intenção ainda é essa – seria maravilhoso que vocês assistissem ao vídeo, se inscrevessem lá no projeto de canal, e deixassem aquele joinha do amor. Assim, eu fico feliz, e posso até me empolgar com a ideia, né?

    2. Sobre a minha tattoo, ficou linda, né? Sabem onde fiz? Lá na @art17house, um estúdio super gracioso que conheci em Santo André, na região do ABC aqui em SP. O mais legal foi ficar ouvindo Cazuza, enquanto era tatuada, eu amoooo, rsrsrs! E como pretendo voltar lá em breve para fazer outra, estou pensando em transmitir ao vivo, ou fazer um vlog da próxima sessão. Que tal?

    Deem suas opiniões nos comentários, por favor. Beijinhos, e muito obrigada! 😘

     

    LEIA TAMBÉM:

  • Iris Mittenaere, a nova Miss Universo 2017, representante da França, foi coroada! E deu França no Miss Universo 2017 – Iris Mittenaere coroada!
  • Capezio lança coleção Juju On the Road Capezio lança coleção Juju On the Road
  • Mareno Restaurante - A boa gastronomia mora aqui Mareno Restaurante – A boa gastronomia mora aqui
  • 5 filmes para assistir - sozinho ou acompanhado - no Dia dos Namorados! 5 filmes para assistir – sozinho ou acompanhado – no Dia dos Namorados! ❤️
  • bate-papo-2 category image beleza category image lifestyle category image novidades-2 category image
    19 de Setembro de 2017

    Helloooo, lindas e lindos do meus coração! ❤️ E lá se vai uma semana após a Beauty Fair 2017, a maior feira voltada para profissionais da área de beleza. A mesma ocorreu na Expo Center Norte, aqui em São Paulo, e estava repleta de visitantes que se deslocaram de outros estados para conhecer. Para mim, foi a primeira, tanto de presença, quanto de cobertura, embora tenha ido apenas dois dias desta vez, mas ano que vem, quem sabe não vá nos quatro dias?

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Como eu disse acima, a Beauty Fair é um evento voltado para profissionais da área de beleza, e atualmente também para as blogueiras – quem esteve lá, deve ter percebido a quantidade de “espaços blog” presentes em vários stands, não? E não é voltado para o público geral. Por esse motivo, as marcas de produtos cosméticos investem alto para alcançar tal público específico, aumentando assim as suas vendas.

    Sendo assim, cada marca participante recebe uma quantidade X de convites, que podem ser distribuídos de acordo com o perfil do profissional/blog (preferia classificar as blogueiras em tal categoria também, pois embora muitas não sejam de fato profissionais na área -e muitas também são! – não vamos lá a passeio, não é mesmo? Trabalhamos, e muito, só para constar!). De fato, entendemos também que deveria existir um critério de seleção mais rigoroso ao escolher as blogueiras para cobrir esse evento.

    O resultado disso? Aquela velha história que bem conhecemos: blogueiras que “brotam do chão” um mês antes da feira (não desmerecendo as novatas, por favor!) que estão lá claramente atrás de “brindes” oferecidos pelas marcas – que na verdade, são os “press kit“, que servem como conteúdos para nossos blogs, materiais de trabalho, e não presentes por nossos belos olhos, como muitas ainda acham. Nos recebemos o press kit, em troca do compromisso com a marca para divulgar, resenhar, contar às leitoras a nossa experiência com o produto que nos foi fornecido. Esse é o nosso trabalho, mas existem sim as “Maria Brindeiras”, infelizmente.

    Já que citei as novatas, acho válido ressaltar novamente: todas nós já fomos (ou somos!) novatas, começamos de baixo mesmo, com muito orgulho. Ser iniciante não é demérito, pois estamos sempre aprendendo, e todas merecem sim a oportunidade de ir a feira para conhecer as novidades, e buscar conteúdos para seus blog/canais. Por que não? Porém, seria interessante avaliar esses tais veículos, e que os mesmos tivessem o mínimo de 6 meses de funcionamento.

    Sobre as filas gigantescas nos stands, e o tempo que tínhamos em cada espaço blog, não vou nem me estender: o melhor mesmo é agendar horários naqueles da nossa preferência, ou usar a pulseira ou o voucher que algumas marcas enviaram para que pudéssemos visita-las. E mesmo com a melhores explicações que tivemos sobre os lançamentos de cada uma, sabemos que o tempo muitas vezes é curto, e também que chega uma hora em que nosso cérebro “buga” a ponto de não lembrarmos mais nada até chegar em casa. Então, se tiver um release dos produtos, para ajudar na hora de fazer post, muito melhor.

    Nos dois dias que fui à Beauty Fair 2017, pude visitar as seguintes marcas: Surya Brasil, Cless Cosmeticos, Belliz Company, Lizz, Dailus, G Hair, Vult, Skala, Muriel, Zanphy, Salon Line, Inoar, Arago, Koloss. A grande maioria eu mostrei nos meus Stories e feed no Instagram, mas para quem não acompanhou, as resenhas devem sair por aqui muito em breve. Sim, será tudo devidamente testado e resenhado, então não farei o tal “post de recebidos” da feira.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Beauty Fair 2017: por onde passei, o que vi, e o que achei.

    Enfim, gostaria de agradecer a Carla Bianchi Assessoria, pelo convite para cobrir a Beauty Fair 2017, foi uma grande honra. Espero no próximo ano poder trazer ainda mais conteúdo interessante sobre o evento.

    Espero que tenham gostado, e quem esteve lá presente, deixe também a sua opinião nos comentários. 😘

     

    LEIA TAMBÉM:

  • Um pouco sobre os publiposts... Um pouco sobre os publiposts…
  • 5 filmes para assistir - sozinho ou acompanhado - no Dia dos Namorados! 5 filmes para assistir – sozinho ou acompanhado – no Dia dos Namorados! ❤️
  • Está na moda ser você mesma!
  • Valorizando Sua Imagem - Se vestir bem gastando menos? Sim, é possível! Valorizando Sua Imagem – Sobre se vestir bem gastando menos.